Nos “Realismos Contemporâneos” de Vila Franca de Xira

Ossobó

Pela primeira vez em parceria com o Museu do Neo-Realismo, o Doclisboa organiza uma das suas extensões em Vila Franca de Xira. Integrados no ciclo de cinema anual daquela instituição, Realismos Contemporâneos, passam três documentários da 15ª edição do Doclisboa:

 

9 de Novembro, 21h00
I Don’t Belong Here
Paulo Abreu / 2017 / Portugal / 75’
O filme acompanha o processo criativo da peça com o mesmo nome, concebida a partir das experiências pessoais dos próprios intérpretes que, oriundos dos EUA e do Canadá, são inesperadamente deportados para os Açores.
Vencedor do Prémio ETIC para Melhor Filme da Competição Portuguesa

 

10 de Novembro, 21h00
O Canto do Ossobó
Silas Tiny / 2017 / Portugal / 99’
“Rio do Ouro e Água-Izé foram das maiores roças de produção de cacau em São Tomé e Príncipe durante o período colonial português. Milhares foram marcados pelo trabalho forçado equiparado à escravatura. Regresso ao meu país, para encontrar os vestígios desse passado.”

 

11 de Novembro, 16h00
Martírio
Vincent Carelli / 2017 / Brasil / 162’
A grande marcha de reconquista dos territórios sagrados dos Guarani Kaiowá, desde o nascimento do movimento na década de 1980: a insurgência pacífica e obstinada dos despossuídos frente ao poderoso aparato do agronegócio.
Vencedor do Prémio Fundação INATEL para Melhor Filme de Temática Associada a Práticas e Tradições Culturais e ao Património Imaterial da Humanidade.

Notícias