Regulamento

1. Informação Geral

1.1 O Doclisboa procura conceber a realidade através de novas formas cinematográficas de percepção, reflexão e acção, colocando o cinema em diálogo com a sua história, de modo a questionar o seu momento actual.
O Doclisboa interessa-se por filmes exigentes quanto às suas repercussões conceptuais e formais; filmes que testam as possibilidades artísticas e políticas do cinema e recusam categorizações; filmes que se relacionam com e espelham a complexidade do mundo.
O Doclisboa proporciona uma base para examinar o cinema e a contemporaneidade enquanto actos de convivência no e com o tempo.

1.2 O Doclisboa’19 – 17º Festival Internacional de Cinema – terá lugar de 17 a 27 de Outubro de 2019.

1.3 Os convidados do Doclisboa não estão cobertos pelo seguro do Festival.

1.4 A inscrição de um filme no Doclisboa pressupõe o conhecimento e a aceitação do presente regulamento.

1.5 Para informações para participação no Laboratório Arché, dever-se-á consultar o regulamento próprio, aqui.

2. Elegibilidade

2.1 O comité de selecção procura filmes com qualidade de escrita cinematográfica que manifestem, no seu todo, o ponto de vista do autor.

2.2 Só os filmes terminados após 1 de Setembro de 2018 e nunca exibidos em Portugal são elegíveis para as secções competitivas. Dá-se prioridade a estreias Mundiais e Internacionais.

2.3 Filme inscritos em edições anteriores do festival e que não foram seleccionados e filmes que não cumpram o disposto no ponto 2.2, não serão considerados para a edição de 2019.

2.4 Podem concorrer filmes de qualquer duração com os seguintes formatos de projecção: 35mm, 16mm, Beta SP Pal, Beta SP NTSC, Beta Digital Pal, Beta Digital NTSC, HDCAM, DVCAM, DCP.

3. Secções Competitivas, Júris e Prémios

3.1 Secções Competitivas

Competição Internacional – aberta a filmes com qualquer duração.

Competição Portuguesa – aberta a filmes com qualquer duração, de produção e/ou realização portuguesa.

Verdes Anos – aberta a filmes de produção europeia de qualquer duração. Dedicada especialmente a estudantes ou autores que se iniciem na realização cinematográfica. Só poderão ser submetidas obras com Estreia Mundial ou Internacional disponível.

3.2 Júris

Os júris das competições são constituídos por personalidades do meio cultural e artístico de reconhecido mérito nacional e internacional.

3.3 Prémios

3.3.1 Os prémios do Doclisboa são constituídos por um troféu e um valor monetário e/ou serviços técnicos. Os seguintes prémios são atribuídos ao(s) realizador(es) do filme:

Competição Internacional
Prémio para Melhor Filme
Prémio Especial do Júri

Competição Portuguesa
Prémio para Melhor Filme
Prémio Especial do Júri
Prémio Escolas para Melhor Filme

Competição Verdes Anos
Prémio para Melhor Filme
Prémio Especial do Júri
Prémio de Melhor Realização

Prémios Transversais
Prémio para a melhor primeira longa-metragem (mais de 60’) de uma selecção transversal a todas as secções, excepto retrospectivas e Cinema de Urgência
Prémio para melhor curta-metragem (até 40′) de uma selecção transversal a todas as secções, excepto retrospectivas e Cinema de Urgência (o vencedor deste prémio será automaticamente pré-nomeado ao Óscar© de Melhor Documentário de curta-metragem)
Prémio do público para melhor filmes português transversal a competições, Riscos, Heart Beat e Da Terra à Lua

3.3.2 As decisões dos júris são finais.

3.3.3 O produtor de um filme premiado no Doclisboa deverá comprometer-se a mencionar esse mesmo prémio em todos os materiais promocionais do filme e no genérico das cópias tiradas posteriormente ao festival.

4. Inscrição

Independentemente da data de inscrição em qualquer categoria, os filmes poderão ser enviados até dia 30 de Junho de 2019.

4.1 Prazos e custos de inscrição

Filmes Internacionais
Data limite de inscrição: 31 de Maio de 2019.
Custos de inscrição:

  • inscrições efetuadas e pagas até 31 de Março 2019 – 10,00 euros (o filme pode ser enviado até 30 de Junho de 20 19);
  • inscrições efetuadas e pagas de 1 a 30 de Abril de 2019 – 15,00 euros (o filme pode ser enviado até 30 de Junho de 2019);
  • inscrições efetuadas e pagas de 1 a 31 de Maio de 2019 – 20,00 euros (o filme pode ser enviado até 30 de Junho de 2019).

Filmes Portugueses — filmes de produção e/ou realização portuguesa
Data limite de inscrição: 31 de Maio de 2019.
Custos de inscrição:

  • inscrições efetuadas e pagas até 31 de Março 2019 – Gratuito (o filme pode ser enviado até 30 de Junho de 2019);
  • inscrições efetuadas e pagas de 1 a 30 de Abril de 2019 – 5,00 euros (o filme pode ser enviado até 30 de Junho de 2019);
  • inscrições efetuadas e pagas de 1 a 31 de Maio de 2019 – 10,00 euros (o filme pode ser enviado até 30 de Junho de 2019).

Verdes Anos – filmes de produção portuguesa
Data limite de inscrição: 30 de Junho de 2019.
Inscrição gratuita.

Verdes Anos – filmes de produção internacional
Data limite de inscrição: 30 de Junho de 2019.
Custos de inscrição:

  • inscrições efetuadas e pagas até 31 de Março 2019 – 5,00 euros (o filme pode ser enviado até 30 de Junho de 2019);
  • inscrições efetuadas e pagas de 1 a 30 de Abril de 2019 – 10,00 euros (o filme pode ser enviado até 30 de Junho de 2019);
  • inscrições efetuadas e pagas de 1 a 31 de Maio de 2019 – 15,00 euros (o filme pode ser enviado até 30 de Junho de 2019).

O festival não garante o visionamento e apreciação de filmes recebidos após o dia 30 de Junho de 2019.

4.2 Método de inscrição e materiais

A inscrição deverá ser feita on-line em http://www.filmfestivallife.com/Doclisboa-International-Film-Festival

O uso da plataforma FilmFestivalLife é gratuito, excepto o upload de um ficheiro de pré-visualização do filme (não obrigatório – o filme pode ser enviado de outras maneiras, por favor, ver abaixo).

Aquando da inscrição, o Doclisboa deverá receber:
a) candidatura devidamente preenchida através do site FilmFestivalLife.
b) filme com legendas em inglês, à excepção dos filmes de língua portuguesa ou inglesa.
c) o filme poderá ser enviado através dos seguintes métodos:
upload a partir da plataforma FilmFestivalLife, com a possibilidade de download activada (sistema com custo associado, cobrado pela plataforma). Se utilizar este método, por favor faça upload de uma cópia de trabalho ou teaser até ao dia 31 de Maio de 2019 para que este ficheiro possa ser actualizado sem custos acrescidos (30 de Junho no caso dos filmes inscritos para a secção Verdes Anos).
após preenchimento da ficha de inscrição no FilmFestivalLife, pode ser enviado um link de visionamento privado do filme para: programme@doclisboa.org
após preenchimento da ficha de inscrição no FilmFestivalLife, pode ser enviado um DVD de visionamento (qualquer região) para o seguinte endereço:

A/C Joana Sousa
Doclisboa – Festival Internacional de Cinema
Casa do Cinema
Rua da Rosa, nº 277, 2º
1200-385 Lisboa
Portugal

Deverá constar, no envelope de envio, a indicação “sem valor comercial”.
Todas as despesas de envio do DVD para a selecção são da responsabilidade das entidades que inscrevem os filmes.

Em caso de dúvidas no processo de inscrição, contactar: Joana Sousa: +351 213 470 816 – programme@doclisboa.org

5. Selecção

5.1 No caso de o filme ser seleccionado, o Doclisboa informará o participante até um mês antes do início do festival. O Doclisboa informará também até um mês antes do início do festival da não selecção de um filme.

5.2 Imediatamente após a comunicação da selecção deverão ser enviados por correio electrónico:

  • lista de diálogos do filme (em português e/ou inglês) para efeitos de legendagem;
  • Três fotografias do filme (resolução mínima: 300 dpi – 10x10cm) em formato digital;
  • Uma fotografia do realizador em formato digital;
  • Filmografia do realizador;
  • Trailer do filme;
  • Sinopse final para o programa (150 caracteres) e para o catálogo (400 caracteres);
  • Lista de festivais onde o filme esteve presente e prémios que recebeu.

5.3 Caso o estatuto de estreia indicado na inscrição se altere, o Doclisboa deverá ser informado.

5.4 O comité de selecção decide em que secção o filme inscrito será apresentado. É da responsabilidade do festival a selecção de todos os filmes que participam na programação.

5.5 Qualquer filme seleccionado poderá integrar sessões especiais dedicadas ao público escolar, durante o festival.

5.6 Após a selecção, o festival poderá utilizar três minutos do filme para promoção do festival via TV, rádio, internet, bem como o material de divulgação do filme (dossier de imprensa, cartazes, postais, etc.), para promoção do festival.

6. Cópias de Projecção, Transportes e Outras Disposições Importantes

6.1 As cópias de projecção dos filmes seleccionados, excepto dos de língua inglesa, devem ser enviadas com legendas em inglês.

6.2 A cópia do filme seleccionado no formato de exibição, cartazes, postais e materiais promocionais do filme deverão ser enviados até 15 de Setembro para:

A/C Print Traffic
Doclisboa / Culturgest
Edifício Sede da Caixa Geral de Depósitos
Rua Arco do Cego, Piso 1
1000-300 Lisboa
Portugal

6.3 No caso de filmes provenientes de países extra-comunitários, a cópia deverá ser acompanhada por uma factura pro-forma com o nome do remetente, o título do filme, peso, medidas e número de bobines.

6.4 Os custos de envio para Portugal são da responsabilidade do participante. O custo do levantamento dos filmes na alfândega é da responsabilidade do festival, bem como os custos de devolução dos filmes para o país de origem. Neste último caso, as despesas de alfândega serão da responsabilidade dos participantes.

6.5 Os seguros de transporte das cópias são da responsabilidade do festival quando este proceder ao seu transporte. Após a recepção das cópias, o Doclisboa é responsável por estas até ao momento do seu reenvio. O seguro das cópias não se aplica a negativos, positivos ou masters.

6.6 Todos os filmes a exibir nas secções competitivas deverão permanecer no festival até ao seu fim, só se procedendo à sua devolução após o encerramento do mesmo.

6.7 O Doclisboa não efectuará qualquer pagamento de aluguer de cópia relativo à exibição de filmes a concurso.

7. Videoteca

7.1 Todos os filmes seleccionados poderão ser consultados por profissionais acreditados na videoteca digital do Doclisboa durante as datas do festival.

7.2 Para este fim, será pedido a todos os participantes um ficheiro Quicktime H.264 ou DVD do filme seleccionado para inclusão na videoteca digital.

7.3 Todos os filmes enviados para consideração do festival serão incluídos no arquivo da videoteca da Apordoc – Associação Pelo Documentário (entidade organizadora do festival), onde podem ser consultados pelos associados. Para visionamentos públicos, será sempre pedida autorização aos detentores dos direitos.

8. Excepções e Situações não Previstas

A direcção do festival decidirá sobre todas as matérias não constantes do presente regulamento, de acordo com as regras internacionais de festivais de cinema.