English
Apordoc
    Home > Workshops > Workshops de Realização
  Workshops de Realização
 

 

 

Este ano, o doclisboa organiza uma série de encontros com realizadores de todo o mundo (Nicolas Philibert, Želimir Žilnik, Mehran Tamadon entre outros) tendo como questão central
Quais os desafios do documentário?

Serão 6 sessões de cerca de três horas, entre 19 e 24 de Outubro.
Em cada sessão, um realizador falará dos desafios que foi encontrando como documentarista ao longo da sua filmografia. Se o cinema e a vida estão sempre intimamente ligados e no documentário isso é talvez ainda mais visível, teremos o privilégio de discutir e reflectir sobre os desafios do documentarista em múltiplas dimensões: desde as questões mais técnicas, práticas e logísticas até às questões mais éticas, emotivas que envolvem sempre a relação com o outro.
Importa aqui não tanto reflectir sobre a obra “acabada” mas sim esmiuçar o processo, viver com o realizador as soluções que foi encontrando e partilhar experiências. Não será possível assistir às sessões de forma «avulsa», na medida em que se procura uma progressão de umas para as outras. Assim, é fundamental que os participantes estejam presentes em todas.

CALENDÁRIO + REALIZADOR
dia 19, segunda-feira, 10:00 às 13:00 - Mehran Tamadon
dia 20, terça-feira, 14:30 às 17:30 - Ilan Klipper, Virgil Vernier
dia 21, quarta-feira, 10:00 às 13:00 - Berni Goldblat
dia 22, quinta-feira, 14:30 às 17:30 - Marília Rocha
dia 23, sexta-feira, 10:00 às 13:00 - Nicolas Philibert
dia 24, sábado, 10:00 às 13:00 - Želimir Žilnik
Moderação e coordenação: Catarina Mourão

INSCRIÇÕES
As sessões terão lugar no Cinema S.Jorge de 19 a 24 de Outubro.
A inscrição terá um custo total de €30 para todas as 6 sessões.
Os interessados deverão enviar até ao dia 6 de Outubro, um curriculum e e-mail para apordoc@sapo.pt
ASSUNTO: doclisboa 2009 / workshop de realização.
O e-mail deve mencionar os seguintes pontos:
- experiência anterior (trabalho, estudos)
- línguas (fluente ou semi-fluente)
- motivação/interesse. 

 
Loading