O Doclisboa pretende questionar o presente do cinema, em diálogo com o seu passado e assumindo o cinema como um modo de liberdade. Recusando a categorização da prática fílmica, procuram-se as novas problemáticas presentes na imagem cinematográfica, nas suas múltiplas formas de implicação no contemporâneo. O Doclisboa tenta ser um lugar de imaginação da realidade através de novos modos de percepção, reflexão, novas formas possíveis de acção.
doclisboa
Ao utilizar este website está a concordar com a utilização de cookies de acordo com o nossa política de privacidade.

Secções

Competição Internacional
Filmes oriundos de todo o mundo, com diferentes abordagens, formatos, durações, desenhando um mapa do cinema actual e a intuição dos horizontes que ele vai abrindo. Filmes produzidos depois de Maio de 2016, em grande parte em estreia internacional ou mundial.


Competição Portuguesa
Filmes de produção e/ou realização portuguesa, sem limites de formatos ou durações. Esta secção apresenta um panorama da diversidade de olhares, práticas e linguagens do cinema em Portugal, numa selecção rigorosa, aberta e atenta. Filmes produzidos depois de Maio de 2016, a grande maioria em estreia mundial.

 

Riscos
A par com as duas competições,
esta secção abre-se a variadas abordagens do real e das suas representações, questionando as noções de ficção e documentarismo, questionando os modos de percepção e do olhar, bem como a revisão crítica do cinema. De um modo geral, dá atenção às propostas de inovação vindas de novas tendências contemporâneas, mas também de momentos surpreendentes do passado. Aqui desafiam-se categorias, formatos e durações.

 

Da Terra à Lua
A nova secção do Doclisboa estreia for a de Competição os mais recentes filmes de realizadores chave do panorama documental e traz-nos uma selecção de obras que nos dão a ver o mundo de hoje e o futuro que para ele se parece desenhar.

 

Heartbeat
Todas as formas de arte são representadas nesta secção: dança, música, teatro, artes performativas e visuais, literatura… Não apenas no ecrã, the arts beat in Doclisboa.

 

Cinema de Urgência

As sessões do Cinema de Urgência constroem-se em torno de problemas relativamente aos quais é urgente criar uma comunidade de debate. Apresentam-se filmes que respondem às lacunas do exercício dos media, existindo através de redes sociais e outros meios, estabelecendo um ancoramento imediato com a realidade que, cada vez mais, desafia os cineastas a uma prática quotidiana da cidadania.

 

Verdes Anos

A secção Verdes Anos apresenta filmes portugueses de jovens realizadores e de estudantes das mais diversas áreas, pretendendo dar reconhecimento ao seu trabalho e apresentá-lo a um público alargado. Esta secção cria uma plataforma de diálogo e reflexão que pretende contribuir para o desenvolvimento de novos cineastas. Verdes Anos tem uma competição e júri próprios.

 

Doc Alliance

Secção transversal a todos os festivais membros do projecto Doc Alliance que apresenta um programa de filmes nomeados à selecção Doc Alliance, incluindo o vencedor do prémio Doc Alliance atribuido por um júri de críticos internacionais.

 

Passagens

Secção que surge da convergência de dois movimentos recentes: a passagem do filme para os museus e a inclusão do documentário na arte contemporânea. Passagens tenta reflectir uma diversidade e complexidade que redesenhou a prática do documentário abrindo as suas perspectivas, mas questionando ao mesmo tempo categorias e disciplinas dentro das artes visuais.

Newsletter

Doclisboa
Casa do Cinema
Rua da Rosa, 277 - 2º
1200-385 Lisboa
+351 914 570 001
+351 913 672 710
doclisboa@doclisboa.org