O Doclisboa pretende questionar o presente do cinema, em diálogo com o seu passado e assumindo o cinema como um modo de liberdade. Recusando a categorização da prática fílmica, procuram-se as novas problemáticas presentes na imagem cinematográfica, nas suas múltiplas formas de implicação no contemporâneo. O Doclisboa tenta ser um lugar de imaginação da realidade através de novos modos de percepção, reflexão, novas formas possíveis de acção.
doclisboa
Ao utilizar este website está a concordar com a utilização de cookies de acordo com o nossa política de privacidade.
02–07-18

Antecipar o Doc’18 na Cinemateca

É oficial: de 18 a 28 de Outubro, o mundo inteiro volta a caber na Culturgest, no Cinema São Jorge, no Cinema Ideal e por onde mais a celebração do documentário passar. Como a Cinemateca Portuguesa, que recebe a antecipação do Doclisboa, dia 27 de Julho às 22h30, na esplanada, onde serão exibidos dois filmes:

Vampires of Poverty (Agarrando Pueblo) de Luis Ospina (27′), o mais importante realizador colombiano, a quem dedicamos a retrospectiva de autor. Uma forte paixão pelo cinema e um olhar humorístico em relação à história do seu país fazem dele uma figura maior da cinematografia latino-americana.
A Flood in Baath Country (طوفان في بلد البعث) de Omar Amiralay (48′), integrará a mostra “Navegar o Eufrates, Viajar no Tempo do Mundo”. O cinema daquela zona geográfica, devastada por guerras nos últimos 20 anos, apresenta-se como uma chave para a compreensão da actualidade.

ANTECIPAÇÃO DO DOCLISBOA
27 de Julho 22h30
Cinemateca Portuguesa
Bilhetes disponíveis aqui

Newsletter

Doclisboa
Casa do Cinema
Rua da Rosa, 277 - 2º
1200-385 Lisboa
+351 914 570 001
+351 913 672 710
doclisboa@doclisboa.org