O Doclisboa pretende questionar o presente do cinema, em diálogo com o seu passado e assumindo o cinema como um modo de liberdade. Recusando a categorização da prática fílmica, procuram-se as novas problemáticas presentes na imagem cinematográfica, nas suas múltiplas formas de implicação no contemporâneo. O Doclisboa tenta ser um lugar de imaginação da realidade através de novos modos de percepção, reflexão, novas formas possíveis de acção.
doclisboa
Ao utilizar este website está a concordar com a utilização de cookies de acordo com o nossa política de privacidade.
12–03-18

6.doc – “No Intenso Agora” estreia no Cinema Ideal com presença de realizador

No Intenso Agora, de João Moreira Salles, terceiro filme do programa 6.doc – Doclisboa no Cinema Ideal, estreia a 22 de Março naquela sala. O filme estará em exibição todos os dias às 19:00.

 

João Moreira Salles, o realizador, estará presente na sessão de estreia do filme – dia 22 Março, quinta-feira – assim como no dia seguinte, sexta-feira, dia 23 Março.

 

Entre outros festivais, o filme esteve presente no Doclisboa, na Berlinale e no Cinéma du Réel, um dos mais importantes festivais de documentário, onde ganhou os seguintes prémios: Prix International de la SCAM, Prix des Bibliothèques e Prix de la Musique Originale (a música foi composta por Rodrigo Leão).

 

Feito a partir da descoberta das cenas que uma turista – a mãe do realizador – filmou na China em 1966, durante o início da Revolução Cultural, No Intenso Agora trata da natureza efémera dos momentos de grande intensidade emocional. Às cenas da China, somam-se imagens de arquivo dos eventos de 1968 na França, na Checoslováquia e, em menor extensão, no Brasil. Na tradição do filme-ensaio, o documentário interroga como as pessoas que participaram daqueles acontecimentos – vividos com alegria, encantamento, convicção generosa, medo, decepção, desalento – seguiram adiante depois do arrefecimento das paixões.

 

Relembramos que o programa 6.doc – Doclisboa no Cinema Ideal é uma parceria que tem o intuito de estrear em circuito comercial filmes que fizeram parte da selecção oficial da última edição do festival. Decorrerá até Junho, contando ainda com os seguintes filmes, ao ritmo de uma estreia por mês: O Canto do Ossobó, de Silas Tiny (Abril), Martírio, de Vincent Carelli (Maio), e Spell Reel, de Filipa César (Junho).

 

‼ As sessões 6.doc – Doclisboa no Cinema Ideal têm bilhete de preço único no valor de 5 euros.

 

FICHA TÉCNICA
No Intenso Agora
2016, 127′, Brasil
realização João Moreira Salles
montagem Eduardo Escorel e Laís Lifschitz
pesquisa de imagem Antonio Venâncio
produção executiva Maria Carlota Bruno
música Rodrigo Leão

_________________

 

• PDF do comunicado de imprensa sobre a estreia, cartaz e quatro imagens do filme aqui.
• Trailer do filme aqui.

 

Newsletter

Doclisboa
Casa do Cinema
Rua da Rosa, 277 - 2º
1200-385 Lisboa
+351 914 570 001
+351 913 672 710
doclisboa@doclisboa.org